DestaqueSaúde

Médicos fazem selfies de como ficam após dia combatendo vírus

Homenageados com salva de palmas ao redor do mundo, profissionais da área de saúde que estão na primeira fila contra o coronavírus estão usando as redes sociais para mostrar como ficam seus rostos devido aos acessórios de proteção contra a COVID-9. As informações são da Revista Marie Claire.

Em entrevista à CNN, o médico italiano Nicola Sgarbi afirmou que fez a selfie depois de um plantão de doze horas seguidas, em uma UTI em um dos hospitais do pais. “Tirei a selfie para mostrar a minha filha quando ela crescer. Vou lhe contar sobre esse momento. Nunca vi algo assim na minha carreira”, disse para a publicação.

A Itália é um dos países mais afetado pela Covid-19 no mundo. Até esta segunda-feira (23), país registrou quase 64 mil casos da doença, com mais de 6 mil mortes e quase 7,5 mil de pessoas curadas. Desde 9 de março, os italianos estão sob regime de quarentena, com comércios considerados não-essenciais fechados e duras restrições de circulação para a população.

No Brasil, o impacto sobre os profissionais da saúde também tem sido intenso para as mulheres em especial. Elas ocupam 70% dos cargos nos setores social e de saúde no mundo todo, e a maioria ainda é mãe e responsável por ocupar-se da família. Ou seja, conciliam profissão e o cuidado com o outro. Marie Claire ouviu médicas e enfermeiras que agora atendem os pacientes da pandemia de coronavírus nos hospitais brasileiros.

 

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Correio Piauiense estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do Portal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Fechar