DestaquePolítica

Em live, governador prorroga decreto de quarentena no Piauí e determina novas restrições

Em live no início da tarde desta segunda-feira (30), governador Wellington Dias (PT) anunciou que vai prorrogar o prazo do isolamento social e ampliar as restrições para entrada e saída de pessoas nas divisas do estado. O decreto mantém a suspensão de todas as atividades comerciais, educacionais, religiosas, eventos esportivos e culturais até o dia 30 de abril.

De acordo com o governador, a análise do histórico de pessoas infectadas pelo coronavírus no Piauí aponta que algumas contaminações se deram por ligação com o Ceará, que atualmente é o terceiro estado com maior número de casos.

Na medida anterior, apenas passageiros de ônibus coletivos interestaduais deveraim ser submetidas à quarentena. Agora, com a atualização do decreto, a medida vale para qualquer tipo de entrada no estado.

“Entrou no Piauí, vai ter que cumprir quarentena”, garantiu Wellington Dias.

Pelo menos dois pacientes com Covid-19 do Piauí tiveram histórico de contaminação pelo Ceará. “Por isso que esse cuidado é fundamental, garantir que a pessoa fique no isolamento social de pelo menos 7 dias”, afirmou.  A medida vale também para os estados vizinhos. O governador disse que a ação é acertada com o governador do Ceará, Camilo Santana (PT).

Serviço essenciais

“Todos os serviços que são essenciais para a vida estão mantidos. Saúde, segurança, área social, bancos, farmácias, supermercados. Nessas áreas, o decreto determina as medidas protetivas. É uma responsabilidade de cada estabelecimento. A área da produção e indústria prosseguem.  Temos a necessidade do funcionamento das transportadoras. A atividade dos pescadores pode permanecer. Se sua atividade não está colocada aqui, estamos lidando com o governo federal para que haja a compensação”

Bancos, lotéricas

“Foram reduzidas as atividades presenciais, mas tem o funcionamento. Os aposentados vão receber por meio de cartão de crédito. A nossa Agência de Fomento continua operando, bem como todos os bancos”.

O decreto vale para todo o Piauí?

“Vale. Tínhamos uma situação em Parnaíba, mas a justiça nivelou com as regras do estado. As regras vão permanecer até 30 de abril. Estou dialogando com todos os prefeitos, independente de partido. Não há disputa de lado A ou lado B. Temos um inimigo em comum, o coronavírus. Queremos evitar o colapso”

Aulas suspensas

“Estão suspensas. O decreto prevê até 30 de abril e só quando encerrar a fase de risco voltar. Mas o decreto permitiu as aulas não presenciais”

IPVA

“Prorrogado por 90 dias com desconto de 5%”

Divisas

“Temos toda uma operação integrada para fiscalizar. Fiz uma proposta para o Exército para que os reservistas possam atuar na segurança, assim como faz a guarda municipal. Ficamos de trabalhar essa agenda”

Prefeitos

“Peço a colaboração dos prefeitos para que a gente possa juntos fazer a fiscalização. Se tiver aglomeração, a vigilância sanitária do município atuar”

Ampliação dos leitos de UTI

“Temos hoje 11 municípios em que trabalhamos com UTIs e estamos ampliando com salas de estabilização”.

EPIs

“O Piauí tomou a iniciativa de não esperar. Está chegando a conta gotas. Vai chegar vacina? Chegou uma parte. O Piauí foi na frente. Nós compramos respiradores e acertamos com os governadores do Nordeste a compra de mais 80 respiradores”

Hospitais de campanha

“Estamos adotando uma série de medidas. Uso de hotéis que estão vagos para fazer atendimento, bem como hospitais do município e o hospital da universidade. Estamos trabalhando em vários hospitais, além do Verdão em Teresina. O Verdão vai ser uma base importante de estabilização”.

Merenda escolar

“Em cada escola temos receita para a merenda ou refeição. Esse dinheiro nós estamos transformando em ticket alimentação e vamos repassar para 77 famílias do Piauí. Já estamos acertando com a empresa para trabalhar essa semana”

Caminhoneiros

“Terão todos as condições de borracharia, oficinas e alimentação, integrado com os municípios”

Matéria original 

O governador Wellington Dias (PT) vai renovar os decretos – que proíbe aulas na rede estadual e a realização de atividades comerciais em todo o estado – mantendo a quarentena para os piauienses. Somente os serviços essenciais serão mantidos.

Os decretos do governador irão vencer essa semana e após orientações dos especialistas, Wellington Dias permanece com a decisão de não reabrir os estabelecimentos comerciais e deixar as escolas sem aulas.

Na manhã de hoje (30), Wellington Dias se reuniu com o Comitê de Enfrentamento do Coronavírus para discutir a renovação dos decretos, que tem validade de 15 dias, e avaliar as ações no estado.

O Cidadeverde.com falou com fontes ligados ao governador e todas confirmam que Wellington Dias não tem intenção de adotar medidas para amenizar o isolamento social.

Neste domingo, Dias usou a rede social e fez novo apelo pedindo aos piauienses para que fiquem em casa e condenou as “brincadeiras” com o coronavírus.
Com o registro de três mortes no estado – a do prefeito de São José do Divino e o casal de idosos – o governo redobra as atenções para as medidas de prevenção e assistência ao grupode risco.

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Correio Piauiense estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do Portal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Fechar